Notícias e Novidades

publicado em 21 de julho de 2020

É verdade que receitas caseiras podem combater o coronavírus?

 

     Com mais de 50 mil casos confirmados e 1,3 mil mortes, sendo a maioria na China, o coronavírus tem causado preocupação em todo o mundo. Países inteiros estão com sistemas de segurança montados para ajudar a impedir a doença de se espalhar pelo globo. Como se isso não fosse o suficiente, o cenário tenso é acompanhado, também, por muita desinformação. Assim como acontece com outras doenças, como a Dengue, se espalham pelas redes sociais receitas caseiras ditas milagrosas e que seriam capazes de prevenir ou curar o coronavírus.
Esses “remédios”, que não possuem qualquer comprovação científica de sua eficácia, constam em publicações compartilhadas inúmeras vezes na internet e podem induzir pessoas ao erro, inclusive podendo se intoxicar com substâncias que não possuem efeito benéfico ao organismo.
     Para combater esse tipo de fake news, a Organização Mundial de Saúde alerta que somente tratamentos médicos podem combater a doença causada pelo coronavírus e a prevenção é realizada por meio de higiene correta, principalmente das mãos, além do uso de máscaras. Vale lembrar, ainda, que ainda não existem casos confirmados no Brasil.
Confira algumas receitas caseiras que prometem, erroneamente, livrar as pessoas do coronavírus:
 
Gengibre
Seja puro ou cozido, o gengibre tem sido tratado como uma das curas milagrosas para a doença. Segundo a receita compartilhada nas redes sociais, é necessário ficar 24 horas em jejum para que ela possa fazer efeito desejado, que é o aumento da temperatura corporal. Porém, não existe nenhuma evidência que comprove a capacidade do gengibre em matar o coronavírus. Outra versão da receita também tem sido compartilhada com as mesmas instruções, só que utilizando alho.
Álcool
Lavar frequentemente as mãos com água, sabão e álcool é um dos melhores jeitos de se prevenir contra o vírus. Já consumir bebidas alcoólicas não te protege da infecção, como dão conta algumas publicações na internet.
Prata
Uma receita que ficou famosa nos Estados Unidos envolve uma solução feita de prata. Supostamente, o metal nobre consegue fortalecer o seu sistema imunológico e matar vários tipos diferentes de vírus. Porém, o coronavírus não é lobisomem, nem vampiro, logo, esse tratamento não é eficaz.
Lâmpadas ultravioleta
Raios ultravioletas (UV) são de fato capazes de matar alguns microorganismos, mas, não existem evidências que comprovem a eficácia do uso de lâmpadas UV para prevenir e destruir o coronavírus. Muito pelo contrário. A Organização Mundial de Saúde não recomenda o uso de raios UV, uma vez que não são capazes de esterilizar a pele e podem causar irritação.
Óleo de gergelim
Conhecido por seus efeitos positivos na aparência do cabelo e da pele, o óleo de gergelim é mais um dos ingredientes que também surgiram como milagrosos. Mas, segundo a OMS, contra o coronavírus a receita não possui fundamento.
Fonte: Encontro.