Tem um pedido médico e precisa de ajuda?
Envie a foto do seu pedido médico e retornamos um orçamento com os melhores preços para você!

Amônia (Amoníaco)

Por que fazer o exame Amônia (Amoníaco)?

A medição dos níveis de amônia (amoníaco) é indicada para na investigação de erros inatos do metabolismo e problemas hepáticos. Também é usada como indicador de condições, como encefalopatia hepática, síndrome de Reye e distúrbios do ciclo da ureia, que causam altos níveis desse resíduo no organismo. Pode ser utilizado para monitorar a eficácia nos tratamentos de doenças hepáticas ou insuficiência renal.

Como me preparar para o exame Amônia (Amoníaco)?

Não há orientações para a realização do exame.

Como é feito o exame Amônia (Amoníaco)?

Para a realização deste exame, é preciso coletar amostra de sangue de uma veia, geralmente localizada no braço. O número de tubos coletados varia de acordo com a quantidade e tipos de exames. A coleta pode ser realizada em uma de nossas unidades ou com coleta domiciliar por meio do agendamento no site. – Antes da punção da veia, a área escolhida é limpa com algodão embebido em álcool;
– Acima do local limpo, o braço é garroteado para pressionar a circulação e deixar a veia mais evidente;
– A seguir, uma agulha fina é delicadamente introduzida na veia para que o sangue seja coletado. O processo é simples e breve, mas pode causar desconforto, como a dor no momento da introdução da agulha. O local da punção poderá ficar ligeiramente roxo, voltando a cor normal em poucos dias.

Quais são os resultados possíveis para o exame Amônia (Amoníaco)?

Os valores de referência do Exame de Amônia (Amoníaco) são entre 12,2 a 60,68 µg/ dL.

 

A amônia (amoníaco) é um resíduo produzido pelo organismo, no intestino, durante a digestão de proteínas. Ao ser processada no fígado, a amônia é transformada em outro resíduo chamado uréia. Quando não processada ou eliminada adequadamente, a amônia é acumulada na corrente sanguínea. Níveis altos de amônia no sangue podem levar a problemas de saúde, com danos cerebrais e coma.

Mais exames